4 meses!

5 05 2011

Hoje faltam exatamente 120 dias para a viagem. Daqui a 4 meses, já estaremos em Vancouver! O ano está passando muito rápido!

Com a viagem chegando, nosso interesse por tudo que envolva Canadá só aumenta. Blogs com dicas de passeios, vlogs com a rotina canadense, perfis no Facebook com fotos de Vancouver. Estamos salvando tudo! Olha só esta foto que peguei no Facebook, foi tirada no último domingo (1 de maio), em English Bay. Um dia ensolarado em Vancouver. Espero que em setembro o tempo fique assim também.

Outra dica que a gente dá para quem vai fazer intercâmbio, é tentar fazer contato com alguém que more lá. Não sabe como? É simples! É só se cadastrar no Shared Talk e procurar algum morador de Vancouver. A Marina tem conversado com eles. Você pode enviar  mensagens, que são como e-mails, pelo Shared Talk. É bem legal!

Mas de todos os sites que já vi com dicas sobre Vancouver, até hoje não achei nada melhor do que o www.rodei.com.br. O site tem dicas para vários outros países também, não é só para o Canadá. Mas as dicas são boas, os textos bem detalhados com fotos e vídeos. Vale a pena conferir!

No site eles fizeram um post com “10 formas de se apaixonar por Vancouver”. Segundo eles, as formas são:

1) Caminhe por English Bay e respire fundo. Diferente de Toronto que é conhecida pela neblina causada pela poluição que sobe da fronteira americana, Vancouver vem trabalhando para alcançar níveis cada vez melhores de qualidade atmosférica.

2) Entre em um Tim Hortons. Sei que parece discurso de americano que gasta oito dólares em um café no Starbucks, mas a rede canadense Tim Hortons é bem diferente da concorrente americana; a começar pelo preço que é significativamente menor. Se for inverno, peça um “hot chocolate supreme”, mas, se for verão, vá de “iced cappuccino supreme” com “french vanilla”. E o melhor é que em Vancouver as lojas aparecem sempre que você precisa nelas.

3) Dê aquele sorrisinho maroto. Quem desce a Burrard não sabe se segue o fluxo de turistas à esquerda ou continua à direita em direção as misteriosas tendas brancas. Canada Place é um centro de convenção e negócios, mas à esquerda você dará aquele sorrisinho discreto de quem conhece uma cidade nova pela primeira vez quando se deparar com a Olympic Cauldron, a tocha olímpica dos Jogos de Inverno de 2010. Dê o primeiro passo em Capilano Bridge. Os outros irão acontecer naturalmente, eu prometo. A ponte suspensa de Capilano tem 70 metros de altura e 140 de comprimento; mas nada supera os dois primeiros passos.

4) Tome um sorvete no Public Market de Granville Island. Mas não deixe de comer um pedaço de pizza na pizzaria do mercado. Depois de pegar a sua, contorne a loja pelo lado esquerdo e peça seu sorvete favorito no balcão de frente para o pátio. Você passará horas ali imaginando como encaixar Granville Island no roteiro mais uma vez antes de seguir viagem.

5) Perca-se pelo Stanley Park. Mas quando chegar a hora de se encontrar, caminhe em direção ao Vancouver Aquarium para chegar aos totens gigantes. Nada mais turístico do que tentar enquadrar você e um totem em uma mesma foto.

6) Permita-se um cupcake. Caminhando pela Robson Street você verá uma pequena lojinha repleta de cupcakes em três tamanhos diferentes. Para quem é mais ousado, escolha o “mint condition” com massa de chocolate e creme de menta – ou abrace a causa e leve logo a caixa com doze unidades.

7 ) Saia em busca do relógio a vapor em Gastown. Não é necessário muito tempo para encontrá-lo, mas enquanto você busca essa relíquia canadense, estará caminhando em um dos distritos mais charmosos de Vancouver, o antigo centro comercial da cidade.

8 ) Curta um fim de tarde em Coal Harbour. Assim que o sol começa a se por as pessoas caminham da marina em direção ao Canada Place para ver os pequenos “seaplanes” vindos de Victoria aterrissarem na água. Siga o fluxo, vá com eles.

9) Pegue um bonde. The Vancouver Trolley Company é uma empresa que faz diversos tours pela cidade em um ônibus com cara de bonde. Existem trajetos hop on/hop off que passam pelos principais pontos turísticos da cidade, mas existe também um shuttle com áudio para Stanley Park que passa por quinze pontos interessantes no parque.

10) Passe dos limites em Granville. Quem sou eu para incentivá-lo a tomar tequila na Barcelona ou “apple candy” na Ginger, mas é indispensável encerrar sua noite de sábado em Vancouver comendo um sanduba enquanto você caminha para o hotel ou procura um táxi. Claro que no dia seguinte você provavelmente acordará depois das oito.

Para ver o post no blog, clique aqui.

Ah, comprei minhas malas! O próximo passo agora é o Visto canadense. Mas isso já é assunto para um próximo post.

Até mais!

Gabriella


Anúncios

Ações

Information

One response

6 05 2011
Marina Sad

Ai, ai, Gabi!!!
Ainda bem que temos a monografia para tirar um pouco da nossa ansiedade com a viajem, né?
Tá muito perto!!!! Só quatro meses!!!!
Parece que foi outro dia que decidimos mesmo fazer intercâmbio!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: